A doença do futuro que já chegou

  
A organização mundial da saúde(OMS), afirmou que em menos de 20 anos, a depressão será a doença mais comum do mundo. Ela fará mais vítimas do que doenças cardíacas e até mesmo o câncer. Segundo as pesquisas, os países  com menores índices de desenvolvimento serão os mais afetados, já que a doença requer diagnóstico e tratamentos adequados.
 
É bastante comum, casos de suicídios por todo o Brasil e pelo mundo afora. Infelizmente essas noticias não são mais novidades, pelo contrário, a cada momento novos relatos são anunciados pela mídia que sem o menor pudor, expõe a todos sem sequer hesitar, tudo por conta do sensacionalismo exacerbado que consequentemente terá audiência.
Tudo indica que o principal causador disso é a tecnologia que vem nos afastando cada vez mais dos ciclos sociais, e nos permitindo criar um mundo só nosso. Um mundo cheio de virtualidades, falsas sensações e principalmente a ausência de contato físico.
Algumas recomendações são sempre bem vindas, ainda mais quando trata-se de uma doença aparentemente carente de medicação.
É sempre recomendado utilizar os aparelhos celulares ou outros objetos tecnológico de forma moderada, assim como é de suma importância manter o diálogo com as pessoas à nossa volta. Ir a shoppings, clubes, restaurantes e PRINCIPALMENTE, evitar pedir a senha do Wifi até por que é uma completa falta de respeito ao acompanhante. É sempre bom lembrar que o tempo ta passando, o mundo ta mudando e muita gente ainda não se permitiu enxergar isso. Hoje é madrugada de terça feira, daqui a pouco chega 2016 e quando muita gente se der conta, já se passaram vários anos.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s